sexta-feira, janeiro 2

Festas e Livrarias...


Nestes dias de festas, fui com minha esposa passear no shopping e entrei em uma das muitas livrarias evangélicas abarrotadas de pessoas.
Confesso que não entrei na livraria em busca de comprar alguns livros. Geralmente, faço minhas compras através da internet, onde analiso os livros, os comentários sobre eles e os compro ou não. Não adianta nada pedir uma referência ao vendedor, pois este, só lê o que lhe interessa e só indica material de péssima qualidade, ou seja, o mais vendido.
O que eu, realmente, queria saber, eram quais os livros estavam em voga, quais os mais procurados, os mais vendidos, aqueles que estão enchendo as prateleiras evangélicas e aqueles que estão ausentes delas.
Comprovei o que tanto escrevo,..., somos consumidores compulsivos da realidade capitalista egocêntrica.
Os livros relacionados a fama, riquezas, prosperidades, vitórias e sucessos, empilhados uns sobre os outros nos pontos chaves das lojas, como mel para abelha, com todos os cartazes indicando e orientando a compra destes “best-sellers”, tão pouco, cristãos.
É óbvio que a livraria estava cheia de livros de auto-ajuda e de psicologia, nos quais os autores utilizam o apelo à autoridade (falácia Ad Verecundiam), para justificar o uso da psicologia mesclando-a aos ensinos cristãos.
Como, atualmente, pouquíssimos leem um livro orientado a julgá-lo a fim de reter somente o que for bom, compram o livro com o intuito de fazer dele sua nova regra de fé e prática, o que os tornam, extremamente, perigosos para cristãos nominais.
Cristãos nominais é o melhor termo que posso usar para descrever a atitude imatura de crer que tudo é bom sem questionar e julgar todas as coisas que ouvem, são nominais porque a atitude dos cristãos históricos era, diametralmente, oposta a destes que tornam uma literatura criada nesta geração superiora aos escritos bíblicos inspirados por Deus.
Infelizmente, assuntos importantes tais como arrebatamento, santidade, e excelência cristã estão em falta. Não os encontrei! Devem estar bem escondidos! Simplesmente, não se encontra nas livrarias cristãs aquilo que não vende. Principalmente, naquelas mais adequadas a nossa geração consumista.
Por isso compro pela internet! As pérolas de sabedoria cristã estão encalhando nas grandes editoras e sendo vendidas a preço de banana nos sites, porque nossa geração resolveu seguir um cristianismo de caminho largo e de porta ampla, a fim de que todos se interessem e se convertam ao materialismo impregnado nos livros mais vendidos.
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.

3 comentários:

Luciana disse...

Você pode me indicar os sites que você compra livros? Ficarei muito grata.
Seu blog é uma benção.
Um abraço, Lú.

Catarina Ferreira disse...

gostei do artigo, mas, não custa nada indicar os sites né? ou essas 'pérolas' a q vc se refere.

O PENSADOR disse...

Ok, ..., respondido diretamente as solicitantes! Se mais alguém desejar, repasso os sites, ... um abraço a todos...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...