quinta-feira, abril 23

PATUÁ, PATO ‘B’ e PATO ‘C’. Comercializamos de Tudo...


Se há alguma coisa que cresce mais do que o número de convertidos no movimento evangélico, esse seria o comércio gospel.
Inventamos de tudo, do alfinete ao foguete! Palestras sobre herança hereditária do pecado através do DNA, os inúmeros propagadores das Curas duvidosas e ainda, há aqueles que fogem da responsabilidade primeira do Cristianismo “Ide e pregai o evangelho...”.
Vou me ater a este último grupo, uma vez que já existe muito gente boa na internet que elucida muito bem os dois primeiros grupos listados.
No intuito de fugir da responsabilidade de pregarmos o evangelho da forma como nos foi ordenado fazer, criamos métodos e técnicas que visam “auxiliar” no alcance dos novos convertidos. Algo mais material, palpável, visível, deformando assim tudo o que compõe a verdadeira pregação da verdade. Atribuímos valores espirituais a meros objetos, tais como
sabonetes, cordões, fitas, grampos, tesouras. A lista não para aí...
Alguns destes possuem fim, descaradamente, financeiro, mas existe outros que possuem o intuito compor as Ações Cristãs em Prol do Reino (A.C.P.R.). Estes visam lembrar-nos quem somos, quem é Cristo e o que é o evangelho, mas não passam de ferramentas psicológicas de Autojustificação perante a divindade.
Pense bem! Uma vez fazendo o que não deveria fazer, fazendo aquilo para o qual não fui chamado, em detrimento daquilo a que fui chamado fazer e o que é de minha total e plena responsabilidade, autojustifico-me perante minha própria consciência. Ufa! estou cumprindo com o meu ministério Cristão! Contudo, o ministério da anunciação do evangelho foi dado aos homens e a mais nenhum ser, animal, coisa ou objeto.
Ao criar esta falsa “ferramenta” de auxílio na divulgação da causa cristã, alivio o peso da minha própria consciência julgando estar quite com Deus! Coisa essa que nem fazendo o que é correto é possível!
E, por fim, geramos pessoas salvas "
psicologicamente"! Creem serem salvas, mas na realidade não são, foram alcançadas por métodos modernos incapazes de prover e promover o arrependimento sincero, pois o que eles têm em mãos não passa de uma mera obra de artífice incapaz de salva-los. Psicologicamente salvos, mas não verdadeiramente salvos.
No fim, acabamos por fornecer os meios ideais para o cumprimento profética acerca daqueles que pregarão o evangelho em nome de Cristo e receberão dEle o famoso “apartai-vos de mim pois nunca vos conheci...”
Pense a respeito! A ordem foi dar a Cara a Tapa e não transferir a responsabilidade para coisas (programas, mídia, filmes, etc) e objetos (sabonetes, rosas ungidas, sal do milagre, fitas, cordões, pulseiras). Será que vale a pena não dar a cara a tapa? Vale a pena não cumprir com a Ordem dada a Grande Comissão? Aliás, o que você tem feito ultimamente?
Creative Commons License
Esta
obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.
Postado por Ricardo Inacio Dondoni

4 comentários:

Paulo Adriano Rocha disse...

Rapaz, essa agora foi pra detonar, né? Mas é verdade. O fato é que há muito evangelho, mas pouca conversão genuína. O evangelho está ficando profano (comum). Ontem mesmo ouvi uma pessoa dizendo que por estar estressado com determinado assunto "veio ouvindo CD evangélico no carro". É pra isso que serve o evangelho? Pra desestressar? Mas, de quem é a culpa? Nossa, né? Que não fazemos a coisa como devia ser feita.

Que Deus tenha misericórdia de nós!

Abraços e desculpa o sumiço.

O PENSADOR disse...

Chutei o balde! rs, ..., mas não tem tanta água assim dentro dele...

Quem dera mais pessoas pudessem ler e questionar o que escrevi, ..., quem sabe se uma reflexão as fizesse questionar todas as demais coisas, e nos motivasse ao retorno do Cristianismo Bíblico...

Rodrigo Melo disse...

Belo post.

São tantas as variedades de objetos que em troca trazem ao 'sedento', conforto, paz, saúde, dinheiro, e etc. Não param de aparecer...

Não consigo me imaginar em um culto desses, recebendo o 'cimento da casa própria', é estranho, beira a loucura.

Mas uma coisa é certa, o povo tá cada vez mais criativo, pena que gastam suas energias em coisas insanas.

A PaZ!

Dianne Nogueira disse...

Acho que foi Cristo que chamou o pessoal... Vinde a mim os cansados e oprimidos que eu vos aliviarei... não lembro se na Bíblia relata Cristo batendo um papo antes com os discípulos do tipo... enquanto eu passo o sermão aqui vocês vão anunciando que a tenda com o meus manuscristos está posta lá debaixo da figueira. negociem uns prazos, façam bons negócios enquanto eu emociono a geral... Não tem isso, não é! Quem alivia o cansado é Cristo, a palavra que salva é a Dele. Mas somos brasileiros, queremos dar um jeitinho em tudo... sempre tem um gelol espiritual... credo!

Psicologicamente salvos, mas não verdadeiramente salvos.

Essa foi a frase que mais pesou na minha mente. é mais pura verdade!


Psicologicamente salvos, mas não verdadeiramente salvos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...